gototopgototop

Na ANTT, deputado Leopoldo Meyer acompanha vereadores de São José dos Pinhais para solicitar melhorias na BR 376

 

antt1Encontro realizado em Brasília tratou de obras para facilitar a vida da comunidade da região


 

O deputado federal Leopoldo Meyer acompanhou em Brasília os vereadores        Nina Singer e Gilberto Mello em uma reunião na Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, com objetivo de revindicar melhorias para as comunidades do entorno da rodovia.
 

Na reunião com a diretora da ANTT, Natália Marcassa de Souza foram reivindicadas melhorias para a comunidade do entorno da rodovia, que tem sido prejudicada com obras e intervenções realizadas pela concessionária. A vereadora Nina Singer entregou um abaixo-assinado com mais cinco mil assinaturas dos moradores da região, solicitando a construção de um viaduto que ligue a Contenda à Roça Velha. “É preciso que haja um diálogo para que as obras efetuadas na rodovia também atendam as necessidades das comunidades no entorno dela”, disse Meyer.
 

Foram sugeridos também, para melhoria da qualidade de vida dos moradores próximos à BR 376, a construção de um viaduto no km 622 – já em projeto, mas ainda não iniciado; acesso à Colônia Castelhanos não afastado da entrada atual, já que o projeto em vigência não atenderá a comunidade, e a volta da mão-dupla nas marginais. “Com a mão única nas marginais as filas para entrar nos bairros estão cada vez maiores, o que aumenta o perigo de acidentes”, disse Gilberto Mello.
 

O vereador apresentou fotos e vídeos que comprovam as dificuldades vividas pelos moradores do São Marcos com as constantes filas formadas e com problemas gerados por carretas que precisam entrar nas ruas residenciais do bairro para voltar à rodovia, causando transtornos aos motoristas e à população.
 

Nina Singer também questionou a necessidade da proposta de nova passagem elevada no km 639, já que não há moradias próximas ao local. “Este planejamento não está em conformidade com a demanda da região. Alguns pontos que precisam não possuem a passagem elevada, enquanto que no km 639 não há necessidade alguma”, explicou a vereadora.
 

Segundo Natália Marcassa, a ANTT irá analisar os pedidos feitos pelos vereadores e buscar a melhor solução aos moradores sem que isso prejudique a segurança dos usuários e extrapole o contrato firmado com a concessionária. Também estavam presentes na reunião o presidente geral da Autopista Litoral Sul (Arteris), David Diaz e o diretor comercial, Antônio Protta.
 

Ao final do encontro, os vereadores agradeceram a disponibilidade e atenção do deputado Leopoldo Meyer ao intermediar o encontro. “Acredito que a reunião foi produtiva e espero que, dessa vez, os resultados sejam efetivos, pois, os cidadãos que moram ao redor desta rodovia merecem ser ouvidos e respeitados”, concluiu Nina que espera a resposta em caráter oficial da ANTT. 

 

 

*Com informações da assessoria de Imprensa da Câmara de São José dos Pinhais


Voltar