gototopgototop

Deputado federal Leopoldo Meyer é homenageado nas comemorações de 15 anos do Caminho do Vinho em São José dos Pinhais

cvinho1

O deputado Leopoldo Meyer ao lado de sua esposa,
Rita de Cássia Trevizan Meyer recebendo a homenagem
durante solenidade de comemoração aos 15 anos do Caminho do Vinho

 

 

 

Na noite de quarta-feira 23, o deputado Federal Leopoldo Meyer foi homenageado durante solenidade de comemoração pelos 15 anos do Caminho do Vinho em São José dos Pinhais.

O Caminho do Vinho é um Roteiro de Turismo Rural, está localizado na Colônia Mergulhão. Possui diversas propriedades que abrigam descendentes de italianos e poloneses que colonizaram a região, e que mantém viva a tradição e costumes, oferecendo aos visitantes e turistas produtos coloniais e serviços. São cantinas, adegas, restaurantes, cafés coloniais, chácaras de lazer, espaços para eventos, pesque-pague e pousada.

Leopoldo Meyer foi lembrado por seu trabalho à frente da prefeitura de São José dos Pinhais entre os anos de 2005 a 2008, que ajudou a consolidar o Caminho do Vinho na Colônia Mergulhão como um produto de Turismo e Lazer de grande sucesso na região metropolitana.

“O Caminho do vinho é uma realidade e demonstra que a parceria do poder público com a comunidade gera resultados positivos. Que esse trabalho na Colônia Mergulhão se eternize e continue dando frutos a todas as famílias e comunidade que se dedicaram ao seu crescimento e sucesso que hoje celebramos aqui”, disse Leopoldo Meyer, após receber homenagem.

 

História

A identificação do potencial turístico da região ocorreu em 1998, quando foi realizado o inventário para posterior elaboração do Plano de Desenvolvimento Turístico de São José dos Pinhais. Em 1999 iniciaram-se as reuniões participativas com a Comunidade, onde foi apresentada a proposta do projeto. Nas conversas entre comunidade e Prefeitura, chegou-se ao nome para o roteiro, “Caminho do Vinho”.

Hoje, o Programa Caminho do Vinho, instituído pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo e Acavim - Associação Caminho do Vinho,abrange a Colônia Mergulhão e arredores, fomentando ações de desenvolvimento, divulgando o folclore, artesanato, comidas típico, a valorização do patrimônio histórico-cultural, por meio do estímulo à preservação e conservação das casas históricas, qualidade dos produtos comercializados como o vinho, suco, graspa e licores, produtos coloniais (salames, queijos, compotas, bolachas, conservas, entre outros) e agrícolas, transformando a região em um “produto turístico” diferenciado.

Atualmente a Rota de Turismo Rural “Caminho do Vinho”–Colônia Mergulhão, possui 44 propriedades rurais envolvidas nas mais diversas atividades como vinhos, restaurantes e cafés coloniais, chácaras de eventos e lazer, minhocário, pesque-pague, pousada, receptivo local, artesanato entre outras. Mantém ainda hoje edificações típicas da colonização italiana, bem como de outras influências, consideradas de valor histórico, ainda utilizado como residências das famílias Bortolan, Hungaro, Daldin, Juliatto e Pissaia.

O resgate e conservação da cultura italiana trazida pelos primeiros imigrantes da região é um desafio constante a ser buscado por meio do idioma, gastronomia, artesanato, danças típicas e canto, tendo no Grupo Folclórico Italiano Cuore D`Itália, no Coral Italiano Belvedere e no envolvimento da comunidade, por meio da Associação Caminho do Vinho-Colônia Mergulhão (ACAVIM), fruto do hoje Programa Caminho do Vinho, grandes aliados. (informações da Prefeitura de São José dos Pinhais)

 


Voltar