gototopgototop

Em reunião em Brasília, cúpula do PSB decide entregar cargos do Governo Federal

PSB_governo

 

O deputado federal Leopoldo Meyer (PSB-PR) participou da reunião da cúpula do PSB em Brasília, aonde foi tomada a decisão do partido colocar à disposição da presidente Dilma Rousseff os cargos que ocupa no governo federal.

A posição foi tomada oficialmente nesta quarta-feira (18), pelo presidente da Legenda, governador Eduardo Campos (PE), durante reunião da Executiva Nacional.
Para o deputado Beto Albuquerque, líder do partido na Câmara,  a decisão mostrar altivez vai de encontro ao pensamento do partido que não é aceitável tratar cargos como moeda de troca, como vem sendo feito na base governamental. "Quero integrar um partido que tenha liberdade de fazer escolhas", destacou.

O governador Eduardo Campos também reiterou que a entrega dos cargos não diz respeito a qualquer antecipação quanto ao posicionamento que será adotado no próximo pleito eleitoral, e que o partido mantém o apoio à presidente Dilma no Congresso.

Campos lembrou que, em diversas ocasiões, procurou reaproximação com a presidente, sem haver sido atendido.  Ele citou como principais fatores para a posição adotada pelo Partido a falta diálogo da parte do Governo com os estados que o PSB governa, o fato de pautas consideradas prioritárias pelo partido, como a federativa, não haverem avançado no Congresso Nacional e as recentes tentativas da parte da presidência do PT de desqualificar a participação do PSB no Governo Federal.

Ele citou a contribuição do PSB para os avanços sociais e a lealdade da Legenda ao governo do PT, mesmo nos momentos mais difíceis do mandato. "O PSB nunca se caracterizou pela prática do fisiologismo, tanto que o desejo de ter representantes do Partido nos quadros da administração foi manifestado pela própria presidente", lembrou. Campos enfatizou que o apoio do PSB a qualquer governo jamais dependerá de cargos e benesses, e sim do rumo estratégico adotado, que deve estar de acordo com os ideais da Legenda.

 

 

 


Voltar